Prémio Intranet Portal 2008

O vencedor do Prémio Intranet Portal 2008 será revelado durante o evento de entrega de prémios que se realiza dia 14 deste mês.

Presidir ao júri foi algo que me deu muita honra e muita satisfação. Analisei com detalhe o material enviado sobre cada um dos casos apresentados a concurso. Foi bom ver a forma como as organizações estão a utilizar as ferramentas tecnológicas para apoiar as suas estratégias de comunicação interna e gestão de conhecimento. Foi também interessante ver como algumas organizações contradizem os objectivos verbalizados com pequenas coisas (a clássica é dizer que querem incentivar a partilha de conhecimento entre todos os colaboradores e depois estruturam a navegação da intranet em torno dos departamentos organizacionais).

Apesar de haver ainda caminho a percorrer, foi óptimo ver que há casos muito, muito interessantes de implementação de intranets e portais corporativos em organizações brasileiras.

O vencedor só será divulgado no dia 14 mas os vencedores de três das quatro categorias foram já anunciados: ENSP/Fiocruz venceu na categoria Conteúdo, Banco Central na categoria Intergração em TI, e Banco Itaú na categoria Colaboração. Na quarta categoria, Enterprise 2.0, não foi dado qualquer prémio por se considerar que nenhum dos casos oferecia a consistência necessária para poder ser considerado ponto de referência no mercado nesta área. Alguns dos casos tinham blogs, e RSS feeds, um ou dois faziam agregação de conteúdo, muito poucos usam tags e um ou dois dipõem de wikis. Porém, nenhum dos casos parece ter planeado conscientemente a utilização destes elementos. De nada vale a pena ter blogs ou wikis se as pessoas não os souberem usar no contexto organizacional e se o conteúdo dos mesmos não for ecoado na intranet / portal. Parece também faltar ainda um grande dose de imaginação para conseguirem adaptar a tecnologia web 2.0 à cultura e às necessidades específicas da organização.

Esta é a área em que se espera haja maior evolução durante os próximos meses. Espera-se que em 2009 o Prémio da categoria Enterprise 2.0 possa ser entregue.

O Prémio Intranet Portal este ano distinguiu ainda Juliana V. Marques como Profissional Destaque e a Lumis como Empresa Destaque.

A Juliana foi premiada por continuamente promover intranets e portais através da liderança, com enorme sucesso, da sua implementação em grandes empresas brasileiras. A Lumis foi escolhida pelo seu foco exclusivo em intranets e portais corporativos e pelo seu desempenho num mercado dominado pelas multinacionais.

Os meus parabéns para a Juliana, a Lumis, as organizações vencedoras das várias categorias e ainda para o vencedor do Grand Prix que eu sei quem é... mas não digo!

Uma nota final: foi esta semana publicada a minha resposta a algumas questões enviadas pela organização desta iniciativa sobre o Prémio e o estado do mercado no que diz respeito à utilização de intranets e portais corporativos.

Leave a reply