Ghost Story: A Modern Business Fable

Ghost Story - capaMuitas organizações já entenderam o quão vital é partilhar conhecimento. Entendem agora que, se as pessoas não partilham entre si o que sabem, individualmente podem aprender mas a organização não. E se o conhecimento não é partilhado, não irá evoluir através de questões, desafios e reflexão.

Contudo, partilhar conhecimento é frequentemente uma tarefa difícil. Pode haver muitas razões: algumas causadas pela cultura da organização, outras pelos indivíduos que a compõem. Este livro fala-nos dessas razões e sobre o que pode ser feito para eliminar a tendência que há de não partilhar conhecimento.

O livro fala-nos de Dot, uma jovem empregada de uma grande empresa. Ela foi convidada para fazer parte de uma equipa de projecto composta por representantes de várias equipas. Embora discordasse da forma de trabalho desta equipa, Dot não se sentia confiante para dar a sua opinião. Ela era muito jovem e nova na empresa - o que é que ela poderia saber?

É nessa altura que Dot entra num mundo mágico pelas mãos de um bonsai falador. Neste novo mundo, ela conhece muitos personagens engraçados. Eles representam os típicos empregados de uma organização. Trabalham em departamentos diferentes, em diferentes posições hierárquicas, e têm medos e objectivos diferentes. A única coisa que todos têm em comum é o facto de nenhum partilhar aquilo que sabe. Através da descrição de cada um dos personagens, Kinsey Goman lista as razões pelas quais o conhecimento não é partilhado nas organizações.

Quando a autora introduz na história um objectivo comum para aquela equipa de estranhos personagens, a sua atitude muda e fá-los compreender o que têm perdido por não partilharem o seu conhecimento.

O livro descreve ainda uma organização burocrática e fortemente hierárquica de uma forma muito imaginativa e que nos leva a pensar naqueles pequenos (ou não tão pequenos) departamentos que funcionam assim nas nossas próprias organizações.

"Ghost Story" é um pequeno livro muito fácil de ler. Li-o em duas horas e adorei perceber o quão fácil é transmitir ideias-chave de forma tão divertida.

Se leu o "Gestor 1 Minuto" ou "Quem Mexeu o Meu Queijo?" e gostou do modo como as ideias foram apresentadas, não perca "Ghost Story". É um salto até ao País das Maravilhas e um confortável par de óculos para olhar a sua própria organização. Penso que este livro pode ser usado para comunicar algumas mensagens fortes a algumas pessoas da sua organização e estou certa de que se irá rir quando, no seu escritório, encontrar Honk, o homem verde de três pes, ou Daniel Hamster, o bebé prodígio da informática.

Ghost Story - capaSobre o livro:
Ghost Story: A Modern Business Fable
Carol Kinsey Goman. KCS Publishing, EUA, 2002.

Leave a reply